Missão

Elaboração de Planos, Estudos e Projetos nos domínios do urbanismo e do planeamento, projeto, gestão e avaliação urbanística, geralmente de grande complexidade, com qualidade e inovação permanente, trabalhando principalmente em Portugal e no resto do mundo, quer para o sector público, quer para o sector privado.

Utilizando a sua larga experiência, a Terraforma centra a sua atividade na elaboração de Planos Municipais de Ordenamento do Território (Planos Diretores Municipais, Planos de Urbanização e de Planos de Pormenor, incluindo Planos de Intervenção em Espaço Rural), ou planos similares, consoante a legislação do país em causa, na conceção de Master Plans de operações de desenvolvimento urbano e de empreendimentos turísticos, de projetos de loteamento urbano, de estudos e planos de reabilitação urbana, estratégias de regeneração urbana, operações de reabilitação urbana e de estudos de avaliação da viabilidade económica-financeira de empreendimentos imobiliários, bem como apoio técnico especializado a diversas atividades económicas, planos de mobilidade urbana sustentável e planeamento de riscos naturais e tecnológicos, elaboração de reserva ecológica nacional e de reserva agrícola nacional.

No desenvolvimento de cada plano, estudo ou projeto são adotados os princípios do desenvolvimento sustentável nas suas vertentes territorial, socioeconómica e ambiental, bem como soluções que otimizem as mais-valias imobiliárias e que sejam flexíveis no tempo (em termos de conceção urbanística e regulamentar), isto é, tanto quanto possível adaptáveis à evolução das conjunturas do mercado imobiliário.

Procuramos potenciar as especificidades territoriais e suas complementaridades, procurando a sua valorização integrada, tendo simultaneamente como objetivo a coesão territorial. Queremos contribuir para uma melhor governança, bem apoiar o desenvolvimento das atividades económicas, sociais e culturais e para a competitividade económica. Acreditamos que a regeneração urbana é o futuro, e que deve existir coerência urbana no sistema urbano. A regeneração deve integrar uma dimensão ambiental, bem como a valorização e defesa do património cultural e natura, e qualificação do espaço público e da paisagem. Devem ser promovidas e aplicadas inovadoras soluções urbanas, bem como ser promovida uma estrutura verde urbana, articulada com espaços livres estruturados e diversificados.

A Terraforma colabora com diversas empresas de reconhecido mérito em áreas conexas com o Urbanismo, nomeadamente Arquitetura, Engenharia de infraestruturas, Arquitetura Paisagista, Economia e Gestão, Direito, Engenharia Florestal, entre outras, sempre no âmbito de equipas multidisciplinares que permitam responder adequadamente aos desafios e à complexidade de cada trabalho.

O processo de desenvolvimento urbano e rural requer boas escolhas territoriais e consumos de recursos naturais que sejam viáveis e proporcionados com os seus níveis de disponibilidade a longo prazo, que não comprometam as gerações futuras, existindo assim um uso e utilização sustentável e eficiente do solo e dos recursos.

A Terraforma procura intervir no desenvolvimento rural e contribuir para soluções sustentadas, desenvolvendo um conjunto de serviços direcionados para o ordenamento/salvaguarda do Espaço Rural, para o desenvolvimento sustentável do Espaço Rural, nas suas diversas vertentes. Criando condições para que este preserve as suas características, mas simultaneamente tenha dinamismo, nomeadamente económico, por exemplo através das potencialidades das áreas agrícolas e silvo-pastoris.

Acreditamos que o bom desempenho ambiental é cada vez mais fundamental e deve ser simultaneamente ajustado à capacidade e equilíbrio eficiente entre fatores económicos e sociais, prevenindo e reduzindo os efeitos dos riscos para pessoas e bens.

A aplicação dos processos operativos desenvolvidos para as ações de planeamento urbano e rural sustentável contribui para um melhor ambiente urbano construído, proporcionando melhor qualidade de vida à população num meio em equilíbrio.

Produzimos soluções de ordenamento e planeamento do território que atendem às características e vocação dos solos e sua sustentabilidade, bem como ao melhor aproveitamento dos recursos naturais, de forma a garantir a preservação, a conservação e a valorização presente e futura da natureza e da saúde humana, inclusão social, a proteção da biodiversidade, o desenvolvimento equilibrado das regiões, valorizar os territórios de baixa densidade, mobilidade e transportes, a justa repartição da riqueza nacional e aos demais interesses económicos, sociais e culturais do país.
 
Por respeito a uma adequada ponderação dos interesses públicos e privados, apontamos ao equilíbrio entre o ordenamento e as políticas de desenvolvimento económico e social, bem como com as políticas setoriais com incidência na organização do território e na localização das atividades.




 
Fotografia: iStock
  © 2010 Terraforma | Fotografias: João Belard (excepto onde referido) | Design by Blue